Culturas saudáveis

Culturas resilientes e saudáveis. Que produtor não deseja isso? Na nossa opinião, isso é possível. E também de forma responsável e comercialmente saudável, tendo em consideração a nossa responsabilidade para com ‘o homem e o ambiente’.

Culturas resilientes e saudáveis. Que produtor não deseja isso? Na nossa opinião, isso é possível. E também de forma responsável e comercialmente saudável, tendo em consideração a nossa responsabilidade para com ‘o homem e o ambiente’.

Por um lado, utilizando uma abordagem de proteção de culturas bem pensada e direcionada. Utilizando produtos de base natural sempre que possível e apenas utilizando produtos químicos quando absolutamente necessário (GIP).

Em segundo lugar, olhando para a cultura como um todo: que falhas existem, o que é necessário para que cresça de forma otimizada, se torne e se mantenha saudável. Ou seja, olhando para as suas culturas com base na nossa abordagem sistémica.

E, por último, trabalhando com produtos que suprem carências quando necessário e que aumentam e mantêm a resistência global das suas culturas. Produtos compostos por ingredientes baseados na natureza.

Em conjunto, esta abordagem e estes produtos resultam em múltiplos benefíciospara as suas culturas e, consequentemente, para si. Benefícios em termos de qualidade, produção, cultivo sem resíduos e também ao nível da capacidade de conservação.

A nossa visão do ‘natural’ versus ‘químico’

A utilização de uma proteção ecológica das culturas, incluindo inimigos naturais, produtos fitossanitários ecológicos e bioestimulantes como os nossos, é uma parte integrante da agricultura e horticultura modernas. Mas, por vezes, esta abordagem, por si só, revela-se insuficiente: sem a química. Por isso, muitos produtores optam pela chamada abordagem de proteção integrada das culturas, também designada por Gestão Integrada das Pragas ou GIP. Isso envolve uma combinação entre a biologia (fertilidade do solo, utilização de inimigos naturais e bioestimulantes como os nossos) e a proteção química das culturas.

Utilizando produtos naturais como a base e apenas utilizando produtos químicos quando absolutamente necessário e apenas por um curto período de tempo: episodicamente. Dessa forma, tiramos o máximo partido do poder da própria natureza e reduzimos a pressão sobre o ambiente. E cumprimos com a legislação cada vez mais apertada nesta matéria.

Uma mudança: no pensamento e na ação

Esta abordagem integrada envolve uma mudança de pensamento, passando de “sobretudo curar” para “cada vez mais prevenir”. Deixar de pensar em primeiro lugar nas possibilidades químicas e só depois em alternativas numa abordagem mais natural, quando os químicos já não são suficientes. E passar a fazer o oposto: utilizar produtos naturais para cultivar culturas fortes e resilientes. E apenas utilizar produtos químicos em caso de emergência: episodicamente. Porque culturas saudáveis e vigorosas, que são equilibradas (sem carências) e resilientes, estão bem preparadas para eventuais infeções, insetos nocivos ou outras influências externas desfavoráveis. E são capazes de reagir adequadamente às mesmas.


E se combinarmos o seu conhecimento e experiência com os nossos, conseguirá alcançar os melhores resultados:
Conseguirá cultivar culturas resilientes. De forma cada vez mais sustentável e natural. Com a utilização eficiente e eficaz dos nossos produtos que minimizam a pressão sobre a natureza, suprem as suas carências e lhe dão uma ajuda quando necessário. Mantendo e até mesmo melhorando a produção, a qualidade (incluindo o tempo de conservação) e a quantidade.
 

Comprovada

Cada vez mais estudos demonstram as vantagens de uma abordagem de Gestão Integrada das Pragas (GIP) . Continuamos a investigação neste domínio. Assim que tivermos novos dados de investigação, iremos adicioná-los aqui:

  • No cultivo de morangos remontantes, Nutricin revela-se uma boa alternativa aos tratamentos químicos. Isso demonstra que a GIP também é adequada para culturas que abrangem um período de tempo mais amplo, como é o caso das variedades remontantes.
     

Apenas isoladamente ou, por vezes, em combinação?

Os nossos produtos são utilizados sobretudo de forma isolada. Se episodicamente forem necessários produtos químicos, estes podem ser utilizados como complemento aos nossos produtos. Enquadrando-se no âmbito da GIP.
Teremos todo o gosto em ajudá-lo a fazer as escolhas certas!


 

Com os nossos bioestimulantes centramos a atenção nas consequências dos fatores (stress) abióticos como influências climáticas (danos de granizo, sol, diferenças de temperatura), a quantidade de luz e a composição do solo (empobrecimento).

E os nossos adubos CE podem ser utilizados em caso de carências, ou ainda melhor, para prevenir essas carências. 
A PlantoSys tem fertilizantes específicos com cobre (Cu), manganês (Mn), zinco (Zn) e cálcio (Ca). Cada um destes elementos é necessário para a fotossíntese, a produção de proteínas (Cu), ou a produção de fitoclastos. Além disso, o cálcio promove células fortes e, por conseguinte, uma cultura resiliente. 

Seguimos uma abordagem sistémica, quer no que respeita aos nossos bioestimulantes, aos nossos fertilizantes ou a uma combinação de ambos. É também isso que significa o 'Sys' em PlantoSys. Está nos nossos genes: com os nossos produtos visamos fortalecer todo o sistema e estimular a capacidade de autorregeneração das suas culturas. Fazemo-lo através da administração a partir do exterior (através de pulverização nas folhas e absorção pelas raízes) com efeitos no interior da planta. Os nossos ingredientes chegam a toda a planta e ajudam as suas culturas a fortalecerem-se a partir do interior. 

Tiramos partido do conhecimento que obtemos diretamente a partir da própria natureza. Por exemplo, desenvolvemos produtos (biológicos) numa forma facilmente absorvível e com diversas combinações eficazes dos seguintes ingredientes: aminoácidos, extrato de casca de salgueiro, silício, prata coloidal, micro-cobremanganês e micro-zinco e extrato de algas marinhas. Cada um com os seus efeitos específicos, para ser utilizado isoladamente ou em combinações que se reforçam mutuamente. E sempre baseado na natureza, inclusive complementando-a, quando a natureza se encontra empobrecida. Os nossos ingredientes são por isso reconhecíveis e facilmente absorvidos pelas suas culturas, que se tornam e mantêm mais saudáveis, mais vigorosas e mais robustas. 

Aplicamos um tratamento único a estes ingredientes, o que faz com que conservem os seus efeitos positivos durante mais tempo: uma diferença de 2 a 6 ou, até mesmo, 7 dias. E tiramos partido de combinações que se reforçam mutuamente: também aqui está patente o nosso pensamento sistémico.

Uma seleção limitada das nossas soluções muito diversas e dos seus efeitos: 

  • Reforço da parede celular e da epiderme - SilicaPower, Nutricin
  • Aumento da resistência - SalicylPuro, ArgicinPlus e Nutricin
  • Melhoria da capacidade de absorção (oligoelementos) (SalicylPuro, ArgicinPlus, Nutricin, SilicaPower e Argentum)
  • Redução do stress (permitindo às culturas crescer melhor)
    • lesões causadas pelos tratamentos das culturas - ArgicinPlus
    • danos causados por influências meteorológicas como granizo - ArgicinPlus
  • aumento da capacidade de autorregeneração - SalicylPuro, ArgicinPlus
  • melhor distribuição dos elementos pela planta - SilicaPower
  • com um efeito de reforço mútuo (Argentum com SalicylPuro, Ds-Cal com Cuprum e ManZincum (Ds-Mix), Cuprum com ArgicinPlus)
  • aumento dos rendimentos (graças a uma maior fotossíntese, à produção de mais açúcares, a uma capacidade de absorção acrescida e, por conseguinte, a um maior crescimento e qualidade) - SalicylPuro, SilicaPower, Argentum, Nutricin e/ou ArgicinPlus.


Desenvolvemos, testámos e comercializámos os nossos produtos sempre com base nestes princípios (sistémico, fortalecedor e baseado na própria natureza). E, ao longo dos anos, também temos conseguido adaptá-los a métodos de cultivo e aplicação específicos. Por exemplo, atualmente dispomos de uma vasta experiência nos seguintes setores: produtos hortícolas de estufa, plantas de vaso, flores cortadas, bolbos, arboricultura, ervas, pomóideas, frutos com caroço, frutos de baga e batatas de semente.

No desenvolvimento dos nossos produtos aplicamos alguns critérios rigorosos. O resultado é uma gama de produtos que satisfaz muitos requisitos e necessidades com as seguintes vantagens:

As partículas metálicas nos nossos produtos:

  • não formam grumos na solução, de forma a que o produto se mantenha estável durante dois ou mais anos;
  • agarram-se à folha como se magnetizadas, aumentando o seu efeito fortalecedor das plantas, e não são removidas pela chuva.
  • Todos os nossos produtos são isentos de resíduos, não apresentam qualquer inibição do crescimento e não requerem nenhum intervalo de segurança a ter em conta no momento da colheita.


E não paramos por aqui. Todos os dias adquirimos novas experiências, quer como empresa, através dos nossos distribuidores quer através dos produtores que utilizam os nossos produtos. Continuamos a investir em investigação, para nos fornecer novas informações, e continuamos a tentar produzir os produtos mais eficazes possível.

Marcas comerciais registadas

E gostaria de saber em que mercados os nossos produtos estão registados?
Contacte a nossa consultora de marketing, Annelies Ribbink, através do número
+31 (0)6 - 51 95 40 56 ou annelies.ribbink[at]plantosys.nl.

Desenvolvemos produtos utilizando ingredientes naturais. Cada produto tem um ou mais componentes, cada um dos quais de origem natural. Todos com um objetivo: ajudar a planta a usar a sua resiliência e capacidade de autoregeneração de forma eficaz. Por isso, não adicionamos produtos químicos, mas ajudamos as plantas a tornarem-se mais resilientes, de forma natural. E com resultados!

Além do facto de as culturas necessitarem de um solo (nutriente) saudável, as próprias plantas dispõem de três vias de defesa que têm um papel na sua resiliência. Estas são designadas de acordo com a hormona da planta que ativa a via de defesa: 

  • a via do ácido abscísico (via do ABA) - torna a planta resistente a fatores como o excesso de sal ou temperaturas demasiado elevadas,
  • a via do ácido jasmónico - desempenha um papel no caso de fungos necrotróficos e insetos,
  • a via do ácido salicílico - funciona especialmente no caso de infestação por fungos biotróficos, que têm particular interesse nas células vivas, bactérias e vírus. 

Os nossos produtos contêm ingredientes que têm um efeito particular na via de defesa do ácido salicílico. 

Os seguintes ingredientes constituem a base natural de todos os nossos produtos. Dependendo da cultura para a qual o produto foi desenvolvido, do método de aplicação e/ou de outros requisitos práticos, os produtos são aplicados isoladamente ou em combinação.

Ao desenvolvermos os nossos produtos, temos em consideração não só a diversidade de culturas, mas também os diferentes métodos de aplicação (distribuição gota a gota, pulverização, névoa de baixo volume, etc.). 

Lista de ingredientes

  • Aminoácidos

    Os aminoácidos funcionam como blocos de construção. Ajudam a cultivar culturas mais fortes e energéticas. Isso é alcançado graças a um melhor desenvolvimento das raízes, maior resistência ao stress e efeitos positivos no equilíbrio energético.

  • Prata coloidal

    A prata coloidal (Ag) tem um papel importante na capacidade de absorção dos oligoelementos, no crescimento das suas culturas e, por conseguinte, nos seus rendimentos. 

  • Micro-cobre

    O micro-cobre (Cu) fortalece as suas plantas e tem uma função na produção de proteínas.  

  • Manganês e micro-zinco

    O micro-zinco (Zn) e o manganês (Mn) tornam a planta mais robusta e resiliente.

  • Silício (ácido ortosilícico)

    O silício (Si) reforça as paredes celulares e a epiderme das folhas.

  • 97% Cal

    Basta uma quantidade muito reduzida da nossa forma específica de cal (Ca(OH)2) para aumentar logo o teor de Ca nas suas culturas.